Uma parceria entre a Prefeitura de Cruzeiro do Sul e Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e o Instituto Socioeducativo (ISE), tem viabilização a promoção de ações sócio assistenciais aos jovens em reclusão.

As atividades são integradas ao Serviço da Proteção Social Básica do Sistema Único de Assistência Social (Suas), que é ofertado de forma complementar ao trabalho com famílias realizado pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e pelo Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI).
 
A partir do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), a Prefeitura realiza atendimentos em grupo, promovendo atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, dentre outras de acordo com a idade dos beneficiários.
 
“Essa é uma forma de intervenção social planejada que cria situações desafiadoras, estimula e orienta os usuários na construção e reconstrução de suas histórias e vivências individuais, coletivas e familiares”, explica a secretária de Desenvolvimento Social, Keiliane Cordeiro.
 
Além dos jovens que cumprem medidas socioeducativas, a ação beneficia crianças, jovens e adultos, pessoas com deficiência, pessoas que sofreram violência, vítimas de trabalho infantil, jovens e crianças fora da escola, idosos sem amparo da família e da comunidade ou sem acesso a serviços sociais, além de outras do Cadastro Único.
 
O serviço fortalece as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva. O SCFV possui um caráter preventivo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades dos usuários.

Data de publicação: 02/09/2019

Compartilhe!