Ações de educação e saúde e mobilização social são fatores importantes na luta contra a dengue.

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, através da Secretaria de Saúde e da coordenação de entomologia, intensificou as ações em combate a dengue durante o período chuvoso, com atividades de educação e saúde, através de visitas domiciliares, mutirões de limpeza e atendimento para a população. O resultado foi a redução de 91% dos casos da doença em 2021, em relação ao mesmo período do ano passado. 

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, no mês de janeiro foram registrados 87 casos da doença e em fevereiro o número foi de 81, somando 168 casos. A redução de 91% é comparada ao mesmo período de 2020, quando nos dois primeiros meses do ano Cruzeiro do Sul tinha o registro de mais de 1769 casos de dengue. 

Mas, com o período de chuvas, a preocupação em evitar a proliferação do mosquito deve ser redobrada,  como destacou o coordenador entomológico Leonísio Messias. 

“Nossas ações estão sendo realizadas e fortalecidas, mas esse período é preocupante pois tende a ter acréscimo, por isso, recomendamos aos moradores para cuidar e manter tampados os depósitos de água e eliminar possíveis criadouros dos mosquitos que possam está nos quintais,” endossou ele. 

O coordenador  reforça que em caso de sintomas como febre, dor no corpo e dor de cabeça, a população deve procurar o atendimento médico nas unidade de saúde,  e em caso de confirmação a secretaria realiza o bloqueio com borrifação da residência,  para evitar a proliferação do mosquito no local.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Data de publicação: 03/03/2021

Créditos: Assessoria de Comunicação

Créditos das Fotos: Assessoria de Comunicação

Compartilhe!