As medidas adotadas relaciona-se a suspensão de atividade religiosas, como missas e cultos, bares, restaurantes e praças de alimentação. Estão todos proibidos de realizar atividades que venha resultar em aglomeração de pessoas.

Na manhã desta sexta-feira, 20, durante uma reunião no gabinete do prefeito Ilderlei Cordeiro com várias lideranças religiosas, o Secretário de Administração e Planejamento  Cruzeiro do Sul Manoel Orleilson, anunciou as novas medidas que serão adotadas pela gestão municipal no enfrentamento de uma possível expansão do coronavírus no município.

As medidas adotadas relaciona-se a suspensão de atividade religiosas, como missas e cultos, bares, restaurantes e praças de alimentação. Estão todos proibidos de realizar atividades que venha resultar em aglomeração de pessoas.

As novas determinações foram tomadas em conjunto com o Bispo da Diocese de Cruzeiro do Sul, Flávio Giovanale e pastores presidentes de várias igrejas evangélicas que participaram da reunião.
"Estaremos informandos nossos fieis, nossos irmãos que suspenderemos nossas missas e nossas atividades durante os próximos 60 dias. Ficar em casa nesse momento é um questão de amor ao próximo, deixe de abraçar agora para abraçar depois", disse o bispo Dom Flávio Giovanale.

O vice-presidente da Igreja Assembleia de Deus, pastor Juscemir Bernardino disse que esse momento é de união entre todos.
"Viemos participar desta reunião para unirmos forças nesse momento de união e decidimos que as igrejas pararão suas atividade e cultos presenciais. Mais queremos informar nossos irmãos que estaremos fazendo atendimento individual diriamente.", finalizou.

O Secretário Manoel Orleilson, que conduziu a reunião, disse que esse é um momento de cautela e prevenção, que assim como foram reunidas lideranças religiosas também será reunidas lideranças do comércio.
"Reunimos as lideranças religiosas para tomarmos todas as medidas em comum acordo. O prefeito Ilderlei assinará um novo decreto fechando igrejas, parques, bares, reduzindo espaço de alimentação, etc. Nosso objetivo é impedir a dissiminação de possíveis casos de coronavírus existente em nossa cidade. Estaremos reunidos com os comerciantes posteriormente para traçarmos estratégias voltadas para o comércio.", explicou Orleilson.

Data de publicação: 21/03/2020

Compartilhe!