O projeto agrega estudantes, gestores e familiares. Em Cruzeiro do Sul, três instituições de ensino cultivam seus próprios alimentos. A expectativa é que até o final do ano sejam implantadas 30 hortas comunitárias no município.

Nesta quinta-feira, 5, celebra-se o Dia da Amazônia. Em alusão a data, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com a ONG CBCN realizou uma ação na Escola Creche Alfredo Nuus.

“Essa é uma ação que nós estamos promovendo ao longo da gestão do prefeito Ilderlei. Estamos aqui as crianças discutindo a importância do bioma amazônico, conservação e proteção do meio ambiente”, salientou a educadora ambiental Damiana Maciel.

Na escola, a Prefeitura e a CBCN promoveram oficinas lúdicas sobre práticas sustentáveis e iniciaram a construção de horta orgânica, que além de nutrir as crianças com alimentos saudáveis, estimula o plantio e o cuidado entre pessoas e o meio ambiente.

Para a diretora Glória Dias, a ação consolida um sonho. “Há muito tempo sonhávamos com a possibilidade de ter uma horta na nossa escola. E agora, estamos realizando graças ao apoio da Prefeitura”, destacou a gestora.

Segundo o educador ambiental da CBCN, Wendel Felipe, as hortas comunitárias incentivam a boa alimentação e o descarte correto dos resíduos orgânicos. “Todos nós temos que fazer a nossa parte para proteger o meio ambiente e essa ação beneficia tanto as crianças na área da saúde quanto as conscientiza sobre as práticas ambientalmente adequadas”.

A horta foi construída com materiais recicláveis, como restos de pneus, garrafas PET, plásticos reaproveitados. 

Para o presidente do bairro Cohab, Pelado Souza, a atividade promove cidadania. “Toda mudança começa a partir das crianças. Esse trabalho promovido pela Prefeitura é lindo e essencial para a nossa sociedade”.

Data de publicação: 05/09/2019

Compartilhe!