A fim de dar celeridade ao processo, tendo em vista que mais de 20 mil famílias foram afetadas, o prefeito Ilderlei Cordeiro deve se dirigir à Brasília nos próximos dias, para dialogar com os parlamentares acreanos.

A situação do Rio Juruá continua crítica. Após decretar Situação de Emergência e ter tido o pedido legitimado pela Defesa Civil Estadual, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul aguarda o reconhecimento do Governo Federal.

A fim de dar celeridade ao processo, tendo em vista que mais de 20 mil famílias foram afetadas, o prefeito Ilderlei Cordeiro deve se dirigir à Brasília nos próximos dias, para dialogar com os parlamentares acreanos.

Nesta segunda-feira, 11, o Rio Juruá registou a marca de 13,86 metros, segundo medição da Defesa Civil. A gestão municipal segue dando assistências social e de saúde às vítimas da enchente. Um abrigo público foi instalado no Ginásio Alailton Negreiros para acomodar os desabrigados.

“Com o reconhecimento do Estado, estamos aguardando o decreto da Defesa Civil Nacional. O prefeito Ilderlei deve estar em Brasília entre quarta e quinta-feira, para se articular com os nossos deputados e senadores. A nossa expectativa é de que a Situação de Emergência seja reconhecida nesta semana, pois temos pressa na aquisição de material alimentício para as vítimas da cheia”, salientou o prefeito em exercício, Zequinha Lima.

Data de publicação: 11/02/2019

Créditos das Fotos: Ismael Medeiros

Compartilhe!