Nesta segunda pela manha a cota era de 13,01 metros e ao meio-dia já marcava 13,30 metros.

O prefeito em exercício, Zequinha Lima, visitou as comunidades da área ribeirinha de Cruzeiro do Sul, na manhã desta segunda-feira (4), para acompanhar de perto a situação das famílias que moram nos bairros que já estão atingidos pela cheia do Juruá. O nível do rio voltou a subir e ultrapassou a cota de transbordo deixando a Defesa Civil em alerta.

Na última  semana o manancial apresentou vazante, mas com o volume de chuvas que assolou a região, desde sexta-feira (1), o nível continua se elevando e os integrantes da Defesa Civil Municipal retomaram o monitoramento que é  feito duas vezes por dia. Nesta segunda pela manha a cota era de 13,01 metros e ao meio-dia já marcava 13,30 metros.

O coordenador da Defesa Civil disse que a previsão é  de mais chuvas e a preocupação é  que o rio possa afetar centenas de casas como ocorreu em novembro do ano passado. “Como tem chovido em toda região, é  bem provável que o rio ainda continue subindo nos próximos dias. Estamos monitorando e só serão retiradas famílias a partir da cota de 13,30 metros”, Informou José Lima.

O prefeito Zequinha Lima afirma que o município está preparado para dá assistência às famílias que precisarem sair de casa. “Estamos fazendo o monitoramento duas vezes por dia e já estamos preparados para dá assistência às famílias que possam vir a ter a necessidade de sair de casa. Temos o abrigo montado, mas as pessoas terão a opção de ir para casas de familiares, de receber aluguel social ou de ir para o alojamento”, garante o prefeito.

Data de publicação: 04/02/2019

Compartilhe!