O encontro foi realizado em conjunto com a Secretaria de Planejamento Municipal, Senar e Sebrae

A Secretaria Municipal de Agricultura, em conjunto com a Secretaria de Planejamento de Cruzeiro do Sul, se reuniram com o representante da Associação dos produtores de citronela para discutir a possibilidade da criação de uma cooperativa para classe de produtores. Representantes do Senar e Sebrae também participaram do encontro, afim de trabalharem em conjunto. A Secretaria busca ainda a parceria de outros órgão que atuam como parceiros em outros projetos como Ufac, Ifac e Embrapa.

Atualmente a associação conta com 38 produtores da Comunidade Badejo do Meio, onde as plantações já estão sendo realizadas. Com a conclusão da destilaria de citronela, que está sendo construída pela prefeitura no bairro Nova Olinda, os produtores pretendem se unir e formar a cooperativa para obter uma maior rentabilidade, como contou o produtor Francisco de Souza, o ‘Sansinha’. “A expectativa é grande, tem muito produtor animado. Sabemos que o preço da farinha está um pouco baixo, e nossa esperança é na citronela, que tem preço e tem mercado, e todos os produtores estão muito animados”, declarou o produtor.

O Senar foi representado na reunião pelo chefe do órgão Marcelo Diógenes, que enfatizou a importância do investimento na área da indústria, através da qualificação e capacitação dos produtores, que receberão um curso na área de cooperativismo. O Sebrae também entra como parceiro, e deve prestar assessoria para os produtores. De acordo com o analista técnico do órgão, Jairo Negreiros, o Sebrae conta com um projeto de produção de óleos essenciais no Vale do Juruá, e a criação da cooperativa e o trabalho que será desenvolvido pelos produtores vai de encontro as ações já realizadas.

O químico Alceu Borges, que acompanha o trabalho realizado pelos produtores, explicou que é possível alcançar um expansivo mercado com a destilação da citronela, oferecendo uma renda maior para os produtores. Com a essência podem ser produzidos óleos corporais, repelente, material de limpeza, sabão, aromatizante, inseticida orgânico, entre diversos outros produtos. “Será uma atividade que fornecerá uma melhoria tanto para agricultura familiar, como oferecer uma renda extra aos produtores, além da melhoria na parte da saúde, pois a citronela combate o mosquito da dengue, e teremos um controle melhor sobre essa parte endêmica”, destacou o químico.

O Secretário de Agricultura Genilson Maia enfatizou a importância da criação da cooperativa para que os produtores possam se organizar ainda mais e se desenvolver. “A Prefeitura está realizando a construção da destilaria de citronela, e já chamamos os produtores para fazer essa primeira conversa, estreitar laços e aproximar não só os produtores, mas todos os parceiros que vão levar a parte de capacitação e orientação para que o processo seja conduzido. Esse é um grande investimento tanto econômico, social e ambiental, que é o uso da citronela nos seus variados fins”, finalizou o secretário.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Data de publicação: 16/04/2018

Créditos das Fotos: Ismael Medeiros

Compartilhe!