O projeto beneficiará 1008 famílias que residem em área de risco no município, a maioria localizadas nas margens do Rio Juruá, contemplando ainda as famílias atingidas com o desbarrancamento registrado no último final de semana no bairro da Várzea.

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul elaborou um projeto habitacional, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), que beneficiará 1008 famílias que residem em área de risco no município, a maioria localizadas nas margens do Rio Juruá, contemplando ainda as famílias atingidas com o desbarrancamento registrado no último final de semana no bairro da Várzea. O projeto, que proporciona segurança e melhor qualidade de vida a população carente, faz parte do Plano de Governo do Prefeito Ilderlei Cordeiro e Zequinha Lima. 

O Projeto está em fase de verificação de custos. A prefeitura está fazendo todo levantamento para analisar os gastos para construção de cada uma das casas, e por qual valor sairá o conjunto em sua totalidade, para que o município possa capitanear os recursos necessários para a construção das áreas de habitação.

O prefeito Ilderlei Cordeiro explicou que esteve reunido com empresários, que já prestaram serviços para o governo do estado na construção de conjuntos habitacionais, em busca de fechar parcerias entre o poder público e o privado. Enfatizou ainda que não medirá esforços para ir em busca de recursos e parcerias do governo do estado e governo federal para que o projeto saia do papel e se torne realidade na vida das famílias que mais precisam.

“Estamos sempre em busca de melhorias para atender as demandas sociais da nossa querida Cruzeiro do Sul. Sabemos que os desafios são grandes, temos trabalhado muito para que a gente consiga ainda este ano executar os projetos que estão prontos, e vamos continuar trabalhando em parceria com o poder público estadual e federal, pois cada um fazendo a sua parte com certeza quem ganha é a população”, enfatizou Cordeiro.

Os recursos são oriundos da Defesa Civil, através do Ministério da Integração, por meio de uma visita do prefeito do Ilderlei Cordeiro que solicitou as verbas em busca de resolver a situação das famílias que estão em situação de risco.

Segundo o prefeito, o projeto habitacional beneficia inicialmente somente moradores de área de risco, mas em conversa com o movimento habitacional foi constatado que mais de 1200 famílias necessitam de residências, por morarem em casas de familiares ou de aluguel. A intenção da Prefeitura é elaborar um outro projeto que contemple futuramente essas outras pessoas, através de financiamento com parcelas acessíveis.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Data de publicação: 07/02/2018

Créditos: Assessoria de Comunicação

Créditos das Fotos: Ismael Medeiros

Compartilhe!