A última atividade foi realizada nos bairros Morro da Glória e Cruzeirão, onde foram visitadas aproximadamente 150 famílias.

Os serviços de educação ambiental realizados pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, continuam a todo vapor. As equipes estão visitando as residências, após a realização dos serviços de limpeza e de recolhimento de entulhos, orientando a população sobre os devidos cuidados em relação ao lixo e entulhos que devem ser tomados

A última atividade foi realizada nos bairros Morro da Glória e Cruzeirão, onde foram visitadas aproximadamente 150 famílias como parte da continuidade do projeto “SEMEIA em ação por um Cruzeiro melhor”. As ações incluíram visitas nas residências e comércios em que as pessoas foram orientadas a respeito de como acondicionar seu lixo, horário e frequência com que o caminhão coletor recolhe o material, foi abordado ainda a presença do código de postura como mecanismo para punição de pessoas que insistissem com práticas irregulares a respeito do lixo e demais impactos ambientais.

As pessoas foram orientadas ainda sobre a proibição de deposição de entulhos a margem das ruas. Essas ações estão sendo desenvolvidas em parceria com o departamento de limpeza, em que ao realizarem o trabalho de roçagem e coleta de entulhos a equipe de educação ambiental se dirige no trabalho de sensibilização ambiental, visando formação de pessoas críticas e preocupadas com a manutenção de seus bairros.

A problemática do lixo traz diversas consequências tanto ambiental como também de saúde pública. O lixo quando depositado em locais inapropriados, acaba sendo levado a rios e bueiros que por sua vez acaba – os entupindo e prejudicando assim o fluxo de águas pluviais. Além disso, acaba sendo um mecanismo de transmissão de doenças, pela presença de aves, cachorros, ratos e insetos como baratas e formigas.  O objetivo é que as ações sejam desenvolvidas continuamente de forma a contribuir para formação de pessoas mais conscientes e preocupadas com a conservação ambiental, visando sempre o uso sustentável dos recursos naturais.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Data de publicação: 07/05/2018

Créditos das Fotos: Semeia

Compartilhe!