A capacitação voltada para produtores, técnicos, estudantes e demais profissionais da área, aconteceu com aulas teóricas no auditório da Cedup e aulas práticas em uma propriedade no Deracre.

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, através da Secretaria Municipal de Agricultura, em parceria com o Sebrae, realizou durante três dias o Curso de Técnicas de Transporte de Peixe Vivo, ministrado pelo Mestre em aquicultura de São Paulo, Eduardo Ono. A capacitação voltada para produtores, técnicos, estudantes e demais profissionais da área, aconteceu com aulas teóricas no auditório da Cedup e aulas práticas em uma propriedade no Deracre.

O produtor Elson Silva falou que o curso ajudará toda classe a evitar prejuízos durante o transporte dos peixes, prevenindo a morte dos animais. “É muito importante esse curso. Quando transportamos de forma errada o peixe pode até não morrer na mesma hora, mas ele perde a imunidade e acaba morrendo depois. Eu mesmo já tive um grande prejuízo”, enfatizou.

O instrutor do curso, Mestre em aquicultura Eduardo Ono explicou que o transporte dos peixes sempre foi um problema enfrentado pela maioria dos produtores “Hoje estamos mostrando para eles  basicamente a montagem de um equipamento simples, que qualquer produtor tem capacidade de fazer em casa, e todas as técnicas desde a captura, como carrega, faz o transporte e solta os peixes, minimizando o stress e o impacto sobre os animais para que ele não tenha prejuízo na produção”, destacou o instrutor do curso.

Este é o quarto módulo do curso que teve início em 2017 e tem previsão de termino para o final deste ano. “Até o final do ano teremos mais cinco módulos, onde repassaremos outros conteúdos relacionados a piscicultura”, explicou a gestora dos projetos de piscicultura do Sebrae, Rina Soares.

O secretário de agricultura Genilson Maia explicou que a capacitação é essencial para orientar os produtores sobre a forma correta de transporte dos animais, evitando assim prejuízos. “Estamos trazendo conhecimento para o produtor para desenvolverem a cadeia da maneira correta. Sabemos que existe muita perda no transporte, na aclimatação do peixe, principalmente do alevino, e eles vão aprender todas as técnicas, o manejo correto para evitar a perda”, destacou o secretário municipal de agricultura Genilson Maia.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Data de publicação: 26/04/2018

Créditos das Fotos: Ismael Medeiros

Compartilhe!