Os locais haviam sido destruídos pelo forte inverno que atingiu esses bairros no começo do ano

Caminhar com dignidade, tendo acesso facilitado para chegar e sair de casa, é um benefício que os moradores dos bairros Olivença e Miritizal, situados à beira do Rio Juruá, estão sentindo de perto. A Prefeitura de Cruzeiro do Sul está realizando um trabalho intenso de recuperação de ruas e ramais, destruídos pelo forte inverno que atingiu esses bairros no começo do ano, além de fazer aterros e abrir novas estradas onde não existia e recuperando com pavimentação asfáltica diversas outras ruas na área urbana.

Esta nova realidade é comemorada pela moradora Ana de Oliveira Barros, que vive há 16 anos no local. A área onde ela mora foi totalmente aterrada e recuperada, facilitando o acesso de veículos até a porta de sua residência.

“Nós tínhamos que carregar o milho nas costas até aqui, pois tinha só um trapiche. Com esse trabalho que a prefeitura fez aqui melhorou demais. O carro chega na porta da nossa casa, é menos tempo perdido, e facilitou muito. Só tenho a agradecer por tudo que fizeram”, relatou a moradora.

As mudanças aconteceram também no Ramal da Comunidade Olivença. O morador José Queiroz de Matos, que reside no local há 35 anos, celebra os benefícios recebidos, ele conta que agora com a recuperação do ramal será possível a chegada de outros benefícios como água encanada.

“O setor responsável pela água garantiu para nós que quando o ramal fosse recuperado eles iam construir o nosso poço e a água chegaria até aqui, e agora isso já está bem próximo de acontecer, além de que com a estrada dando acesso tudo muda, tudo melhora, a gente pode fazer uma compra no Centro e eles virem deixar aqui na porta, pois devido a alagação que tinha destruído o ramal, a gente tinha que trazer nas costas mesmo”, contou o morador.

Para o prefeito Ilderlei Cordeiro, ao realizar a recuperação de ramais proporciona qualidade de vida aos moradores.

“Muitas ruas estão sendo abertas e outras reconstruídas, com isso vem melhorias de todos os lados, fica melhor para as crianças irem para escola, chegar a alimentação, uma ambulância entrar, tudo melhora. São aterros sendo realizados, reconstrução e recuperação. Devido a alagação, esses foram uns dos  bairros mais atingidos, todas as ruas do povo foram destruídas. Vamos colocar um barro vegetal, que ajuda a resolver a demanda de atoleiro. É um trabalho que requer qualidade e um certo tempo para ser executado. Vamos levar essas ações também para o Tapiri, onde nunca foi aberto um acesso, e quem ganha com isso é a comunidade que precisa ir e vir, ainda mais neste período do ano que o rio está seco e eles usam caminhos para se deslocar”, finalizou o prefeito.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Data de publicação: 11/08/2017

Compartilhe!